segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Na parabólica

No programa Oncotô desta terça (2), às 20h, na TV Brasil Jorge Mautner fala sobre Lampião e sobre a arte popular do Nordeste.
 

Esther Dias com o grupo Cabras de Lampião

Esther Dias esteve em Caruaru, onde conversou com o Mestre Dila, um dos melhores xilógrafos do Nordeste. Aos 71 anos, ele ainda entalha à mão os personagens dos folhetos de cordel, impressos numa máquina artesanal. Mestre Dila conta a historia da vida dos cangaceiros e de Virgulino Lampião.

Ainda em Pernambuco, Esther foi até Serra Talhada. Lá, assistiu à apresentação do grupo Cabras de Lampião e conversa com Anildomá Willans, o diretor do grupo. Em um passeio pela caatinga, Anildomá conta a história de Lampião e a leva até o sítio onde ele nasceu.


Mestre Expedito, em Nova Olinda, conta a Esther como começou seu trabalho com artesanato de couro. 
Conhecido como Mestre Expedito Seleiro, ele herdou do pai a arte de domar o couro e fazer maravilhas utilitárias como selas, gibões, perneiras, chapéus e sapatos campeiros. Hoje, é considerado ícone do artesanato em couro e seus produtos são reconhecidos no mercado internacional.


Pesquei na TV Brasil

Nenhum comentário: