quarta-feira, 18 de maio de 2011

O TIRO QUE MATOU LAMPIÃO 

Lampião, o 2º personagem mais biografado na América Latina, muito estudado por centenas de pesquisadores e escritores do cangaço, mesmo já tendo transcorrido mais de 70 anos de sua morte, ainda, tem em sua biografia, muitas “Lacunas, e aspectos,” que ainda deixam dúvidas, e que não foram devidamente esclarecidos, ao longo da história. Vejamos.

Sobre a sua morte:

a) Quantos tiros levou ?
b) Qual o tiro o matou ?
c) Foi atingido pelas rajadas da metralhadora do Ten. Bezerra, ou pelo certeiro fuzil do soldado Honorato ?

Após a morte do famoso cangaceiro na Grota do Angico/SE, em 28/07/1938, não foi confeccionado pelos médicos legistas, O LAUDO DE EXAME CADAVÉRICO do famoso personagem, o qual, com certeza, teria dissipado muitas dúvidas quanto a morte do mesmo.

Apenas, a cabeça do cangaceiro ( em adiantado estado de putrefação ), e de sua companheira, Maria Bonita foram analisadas pelo famoso médico alagoano, o Dr. Lages Filho.

Ainda, no tocante á morte do Rei Vesgo, principalmente, no que concerne aos tiros que sofreu, temos uma excelente entrevista realizada, por ocasião dos 70 anos de sua morte, através do Programa “DE LÁ PARA CÁ “, do jornalista Anselmo Góes, em que o Dr. Jayme de Altavila, Diretor do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas ( Local onde estão alguns pertences e objetos de Lampião ), presta excelentes informações, nesse sentido. Vejamo-las.

 O Dr. Jayme de Altavila 


Cartucheira de Ombro de Lampião, atualmente preservada e exposta no Inst. Histórico e Geográfico de Maceió. Cortesia: Escritor Carlos Megale.


 Dr. Jayme mostra a reportagem, como Lampião usava a cartucheira de ombro.


 

No detalhe o local de um dos tiros que atingiu Lampião, na região do coração, sendo, portanto, mortal. A bala perfurou a cartucheira, indo se alojar em seu corpo. 


 Ainda, detalhe do tiro que trespassou a cartucheira do rei do cangaço - local de "saída" do projétil.

Segundo a bibliografia cangaceira ( Ver Amaury, pg 31), LAMPIÃO sofreu três disparos no Combate de Angicos. Um no peito do lado esquerdo; Um no Baixo Ventre e Outro no alto da região frontal direita(cabeça) .

Alguns ex-volantes que participaram do combate informaram que, o 3º disparo ( no alto da região frontal direita- cabeça) de Lampião , ocorreu quando o mesmo, já se encontrava, abatido e caído no solo (Ver Amaury, pg 90 - Depoimento de Panta de Godoy).

Além do disparo sofrido, a cabeça foi atingida por ação contundente ( coronhadas..etc..), o que danificou, ainda mais, o crânio do Rei do Cangaço.

A esse respeito, veja-se, logo abaixo, foto publicada em 1953, pela revista "O Cruzeiro "


Em função do tiro sofrido na cabeça, bem como, em função das lesões provocadas por instrumentos contundentes ( coronhadas...etc..), da cabeça de Lampião, por ocasião de sua exumação, restaram, apenas, uma porção de ossos quebrados.( Vide foto, logo abaixo ).


Foto: livro Lampião, a medicina e o cangaço, pág. 102, dos autores Leandro Cardoso Fernandes e Antonio Amaury.

Assista o vídeo que deu origem á presente matéria. Programa " De lá para cá ", do jornalista Anselmo Góis, que foi exibido por ocasião da passagem dos 70 anos da morte de Lampião em 2008.



Abraço a todos
Ivanildo Silveira 
Colecionador do cangaço
Membro da SBEC

2 comentários:

Anônimo disse...

Excelente, amigo Ivanildo. Muito elucidativo. Contribuição de primeira.
Grande abraço
Leandro C. Fernandes

ADERBAL NOGUEIRA disse...

VOCÊ SIM, AMIGO IVANILDO, É O MAIOR GARIMPADOR DAS RARIDADES DO CANGAÇO. GRAÇAS A VOCE PODEMOS TER ACESSO A RARIDADES NUNCA ANTES IMAGINÁVEIS.

ADERBAL NOGUEIRA

OBS: OBRIGADO PELAS POSTAGENS.