quinta-feira, 26 de maio de 2011

“O cangaço e a literatura” é tema do “Seminário Brasil, brasis” que acontece Hoje na ABL.



A Academia Brasileira de Letras promove o segundo “Seminário Brasil, brasis” deste ano, apresentando o tema “O cangaço e a literatura”.

Sob coordenação geral do Acadêmico e presidente da ABL Marcos Vilaça, e coordenação do Acadêmico e poeta Carlos Nejar, o seminário contará com as presenças de Antonio Campos, Felipe Fortuna, Geraldo Ferraz e Leandro Cardoso Fernandes, como expositores.

"A ABL está sempre disposta a debater todo e qualquer tema que diga respeito ao interesse cultural da sociedade. Queremos sempre trazer para esta Casa os saberes vários e todas as manifestações históricas e artísticas. O papel da Academia é o de preservar e valorizar a memória nacional: a língua como instrumento do conhecimento e da convivência; as letras como reveladoras e formadoras da identidade nacional, sem deixar de fora nada que é humano. E o Seminário “Brasil, brasis”, sobre “O cangaço e a Literatura”, nos revela também este lado humano”, afirmou o Presidente Marcos Vinicios Vilaça.

Vera Ferreira, neta de Lampião – o famoso Virgolino Ferreira, um dos cangaceiros mais enaltecidos pela literatura e o cinema, também conhecido como o “Rei do cangaço” – e Maria Bonita, e filha de Expedita, dedica-se exclusivamente à concretização de um de seus sonhos: escrever um livro baseando-se nas histórias que levantou ao longo de seus 27 anos de pesquisa. Convidada pela ABL, Vera confirmou presença no seminário.

Vera disse que, desde criança, cresceu ouvindo contar histórias sobre seus avós e seu cotidiano. Fato que foi enriquecido pela companhia de pessoas que viveram as histórias deles e de outros cangaceiros:


Vera Ferreira. Foto: Arthur Garcia
"Tenho lembranças de fatos de ex-cangaceiros, ex-volantes, ex-coiteiros e pessoas que conviveram com eles. O que mais me marcou foi a confirmação de que meu avô era um homem de palavra e que minha avó, que faria em 2011 cem anos, era uma pessoa alegre. O convite da Academia me deixou muito contente, até porque estará debatendo um tema que me é apaixonante, o cangaço. Acho importante essa troca de informações num espaço onde temos pessoas que lêem, escrevem e ouvem", afirmou.

O pátio da Academia vai receber repentistas, violeiros, declamadores e poetas de cordel, que ilustrarão o seminário antes das palestras.

O evento, patrocinado pelo Bradesco, tem início às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., com entrada franca e transmissão ao vivo pelo Portal da ABL. 

Saiba mais

Antonio Campos
Poeta, advogado, editor e empresário, Antonio Campos, filho do escritor Maximiano Campos, nasceu no Recife, capital pernambucana. Está à frente da Campos Advogados, escritório de advocacia associada à Noronha Advogados e com atuação em diversos países, do Instituto Maximiano Campos, ONG voltada para a promoção da arte literária, e também da Editora Carpe Diem.

Currículo de Antonio Campos

Felipe Fortuna
Mestre em Literatura Brasileira pela PUC/RJ, é poeta, ensaísta e diplomata. Publicou diversos livros de poemas, a partir de 1986. Lançou, em 2005, Em Seu Lugar (Editora Francisco Alves), com a reunião dos livros de poesia já publicados e um conjunto novo de poemas.

Currículo de Felipe Fortuna

Geraldo Ferraz
O administrador, artista plástico e escritor Geraldo Ferraz é também Membro da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço - SBEC (2005), Mossoró – RG, Membro da União Nacional de Estudos Históricos e Sociais – UNEHS de São Paulo, Acadêmico da Academia de Letras e Artes de Gravatá e da Academia de Artes e Letras do Nordeste.

Currículo de Geraldo Ferraz

Leandro Cardoso Fernandes
Médico cardiologista e ecocardiografista pela Escola Paulista de Medicina (EPM/UNIFESP) e membro titular da Sociedade Brasileira de Cardiologia, cujo departamento de Hipertensão representa no Piauí.

Currículo de Leandro Cardoso


Cangaceiros cariocas liderados pelo capitão "Carlos Eduardo" "num me vão perder exta"

Açude:  ABL.org.br

Nenhum comentário: