sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Um Túmulo para Durvinha! 

A ex cangaceira "Durvinha" nasceu no dia 08/12/1915 e faleceu no dia 28/06/2008, em consequência de hipertensão intracraniana e AVC hemorrágico. Foi enterrada na cidade de Belo Horizonte.

Atendendo sugestão de Neli, filha de Durvinha, no dia 03 de maio do ano fluente, tivemos a ousadia de escrever uma carta, ao Prefeito de Belo Horizonte, nos seguintes termos:



Natal, 03 de maio de 2010
 Excelentíssimo Senhor Prefeito Dr. Márcio Lacerda,
Levo ao conhecimento de Vossa Excelência, que a famosa cangaceira JOVINA MARIA DA CONCEIÇÃO SOUTO, conhecida nacionalmente por “DURVINHA”, a qual morou, por muitos anos na cidade de Belo Horizonte, com seu companheiro, também cangaceiro “MORENO” (ainda vivo c/ 100 anos, sofrendo de graves problemas de saúde e, passando dificuldades financeiras) encontra-se sepultada no Cemitério da Consolação, Quadra 03, sepultura 547 da Prefeitura de Belo Horizonte/MG.
A filha do casal de cangaceiros, Sra. NELI MARIA DA CONCEIÇÃO, (Fone: 031-34342186), a qual é funcionária dessa Prefeitura, há muitos anos, sendo lotada na área de saúde da UPA Norte, deseja construir “UM TÚMULO” para sua querida mãe” DURVINHA “, mas não tem condições financeiras para tal desiderato, uma vez que ganha pouco.
Considerando que DURVINHA, foi uma cangaceira de expressão nacional, a exemplo de “DADÁ”, mulher do cangaceiro Corisco, a qual foi agraciada, ainda em vida, com o título de cidadã de Salvador/BA, além da concessão de uma pequena aposentadoria, através de projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal daquela cidade;
Considerando que os familiares de DURVINHA, não possuem condições financeiras de arcarem com as despesas para a construção de um TÚMULO, sem se privarem de suas necessidades básicas;
Considerando que a cangaceira DURVINHA tem seu nome marcado na história do cangaço nacional, como uma personagem, querida e amada por todos os pesquisadores/historiadores e admiradores da cultura cangaceirística;
Considerando o senso de justiça de Vossa Excelência, bem como, o ato de misericórdia que lhe é invocado, em nome dos familiares da cangaceira DURVINHA, em nome dos pesquisadores /estudiosos do cangaço, vimos solicitar os préstimos dessa prefeitura de Belo Horizonte/MG, no sentido de custear as despesas com a construção de um túmulo para a cangaceira DURVINHA, a fim de preservar a memória dessa famosa personagem da cultura cangaceira em nosso país.
Caso, o túmulo não possa ser feito no Cemitério da Consolação onde o corpo está enterrado, a família não se incomoda, que seja feito em outro local.
Desde já, agradecemos, antecipadamente, o deferimento do pleito, acima solicitado. Maiores informações sobre o assunto em tela poderão ser colhidas com a Sra. NELI (filha de Durvinha), nos telefones, acima citados.
Atenciosamente,
IVANILDO ALVES DA SILVEIRA
Promotor de Justiça/Natal-RN
Colecionador/Estudioso do cangaço
Membro da Soc. Bras. de Est. do cangaço.

No dia 25/05/2010, recebemos o seguinte recado da Neli:

Querido amigo estou aqui transbordando de felicidade, pois acabei de ser informada que e sepultura da mãe-DURVINHA foi aprovada e que o senhor Luiz Gustavo Gois vai nos procurar para nos informar, ai você fale da inauguração e dos agradecimentos. Obrigada mais uma vez de coração pela força .
Abraço da amiga Neli.

 
Durvinha e Neli.

É isso!
Um abraço a todos, e, esperamos que o "TÚMULO DE DURVINHA" seja construído, o mais rápido possível, para preservar a memória dessa grande mulher cangaceira. Agradecemos a todos, que direta ou indiretamente contribuiram para essa realização.

Ivanildo Alves Silveira
Colecionador do cangaço
Membro da SBEC
Natal/RN
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Reverendo

O Lampião Aceso fica muito satisfeito e com a certeza de que juntamente com vossa comunidade virtual ter prestado o apoio solicitando aos nossos seguidores e leitores a assinatura deste abaixo assinado através de um artigo na ocasião em que fomos acionados por comadre Neli.

Mas convenhamos: Que pelo vosso empenho... esse mérito é todo seu visse? Confrade véi, como autoridade e principalmente como um dos mais gentis companheiros que a rede de cangaceirólogos nos proporcionou. O título deste artigo bem que poderia ser este: "MAIS UMA CAUSA VENCIDA"  pelo Dr Ivanildo Silveira um dos maiores defensores da memória do cangaço!


Parabéns meu amigo!
Att. Kiko Monteiro

Um comentário:

José Mendes Pereira disse...

Ilustre escritor Ivanildo Alves da Silveira:

Já que o confrade conseguiu a construção do túmulo da cangaceira Durvalina, agora é a vez de solicitar o túmulo do cangaceiro Moreno. Se bem que ele não foi sepultado na mesma cova de Durvalina.

Parabéns pela iniciativa.

José Mendes Pereira - Mossoró-RN.