terça-feira, 6 de abril de 2010

Campanha pela memória do cangaço

Vamos dar umas tecladas em prol da amiga Neli

Meus prezados amigos
Estou tentando um novo túmulo para minha mãe, a ex cangaceira nossa saudosa "Durvinha".  
E o principal procedimento que me orientaram para facilitar a conquista não é doação de dinheiro... é para que eu contacte e peça as pessoas que conhecem a história da minha mãe para encaminharem um depoimento por email falando da importância dela e do meu pai "Moreno". 
Quanto mais mensagens forem encaminhadas melhor... 
Muitos sabem os custos de um jazigo perpétuo e nós não estamos em condição nem de mante-la no atual local que é Cemitério da Consolação, gostaria muito que fosse para o Cemitério do Bomfim... que pertence à Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.  
As mensagem devem ser encaminhadas para o Sr. Cláudio César Silva , gerente da Necrópolis - dnepm@pbh.gov.br 
Conto com vocês e seus amigos , e Obs. O nome da minha mãe é Jovina Maria da Conceição

 Neli e o cineasta Aderbal Nogueira

Meu email é lili.cangaceira@hotmail.com
Deus abençoe a todos muito obrigada!

Amigos leitores: 


Eu, Kiko Monteiro, síndico deste blog e amigo desta querida pessoa atesto a honestidade e simplicidade da mesma. Reforço a campanha acima exposta. "Lili" como também a conhecemos por mais direito que tenha nunca se valeu financeiramente da exploração da imagem dos seus pais. Por mais que estes personagens tenham se tornado tão populares na capital, no estado de Minas e no País nestes ultimos quatro anos a burocracia por mais amena que seja existe e Lili está lutando por uma ultima morada digna para sua mãe, uma das mais belas mulheres do cangaço e enfim para o casal com uma das mas incríveis histórias dentro desta história que tanto admiramos. 


Se for apenas isto a coisa está quase garantida comadre. 


Espero que dê e vai dar tudo certo. 

2 comentários:

João de Sousa Lima disse...

Durvinha foi uma princesa do nosso sertão nordestino e merece ter na morte um lugar digno do que representou em vida: um capitulo rico de nossas histórias.
Neli, filha de Durvinha, foi uma irmã que descobri e aprendi a amar.
Durvinha tem direito a um túmulo ciomo deseja a familia e Neli merece todo nosso apoio.

MARCIA LIGIA disse...

ADIMIRO MUITO LILI QUE DEUS ABENÇOE.