segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Charges históricas

Silvino e a critica politica nos jornais sulistas

Colaboração de Raimundo Gomes
(Fortaleza,CE)

Recentemente descobri várias charges, tendo Lampião como tema, na revista ilustrada Fon-Fon. Desta vez, descobri outras, mas do cangaceiro Antonio Silvino, na revista carioca "O Malho" do período 1907 e 1914, quando da prisão do bandido.

Ei-las:

Charge de 23 de fevereiro de 1907,que ironizava o assalto de Antônio Silvino à Mesa de Rendas(fisco) da cidade de Barra de São Miguel, onde após o saque deixou os funcionários nus.
(Revista ilustrada O Malho).


Desta vez, a ironia é com relação a Antonio Silvino e sua interferência junto
às ferrovias inglesas da Great Western.
(Revista O Malho, 5 de outubro de 1907).
 
 
Desta vez aparece o Governador de Pernambuco, Dantas Barreto, travando interessante diálogo com um homem do povo. Na conversa, cobra-se mais ações não só de Pernambuco, mas de outros estados para o fim do cangaceiro.
(Revista O Malho, 27 de julho de 1914).
 
 
Com o cangaceiro ferido e preso, o Governador de Pernambuco, Dantas Barreto, exulta de felicidade e lamenta não poder prender outros bandidos, em especial no Ceará. Quem seriam ?
(Revista O Malho, 5 de dezembro de 1914).
 
 
Outra charge feita após a prisão do cangaceiro, com o tenente Theophanes Ferraz trazendo Silvino numa coleira. Novamente o Ceará é mencionado, como ainda tendo muitos bandidos que precisavam ser presos. Era a época da sedição do Juazeiro, cujos jagunços do Floro Bartolomeu e do Padre Cícero derrubaram o Governador do Ceará, coronel Franco Rabelo.
(Revista O Malho,19 de dezembro de 1914).

Nenhum comentário: