quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Cariri Cangaço 2013

Alguns dos lançamentos já confirmados para o grande evento

Luiz Ruben reuniu todos os planos de..."Como Capturar Lampião"

Pesquisando os jornais da Bahia, começando do ano de 1928 até o final da década de 30, dentre eles, A Tarde, Diário da Bahia, Diário de Notícias, O imparcial, Nova Era, incluindo também jornais de outros estados, como, A República, de Alagoas, Diário Oficial do Poder Legislativo de Pernambuco, além dos Boletins da Polícia Militar da Bahia, para um trabalho onde parte dele publiquei em outros livros, observei que existia uma preocupação muito grande, não só do estado, mas, uma verdadeira fixação de grande parte da sociedade civil, com o extermínio do grupo de Lampião.

Foi publicado na época, além das estratégias do estado, ideias, algumas absurdas e fantasiosas de como fazer isso. Assim, resolvi extrair da minha pesquisa, a parte que encontrei sobre esse assunto e transcrevo as matérias ao longo do livro....

Preço: R$ 30,00 Livro (142 páginas)

Paulo Gastão nos diz "Quem é Quem no Cangaço"

Novo trabalho do pernambucano Paulo Medeiros Gastão, 74, trata-se de uma obra referência que funciona como ponto de partida para quem quer conhecer a ‘literatura cangaceira’.

O livro, originalmente publicado em 2012, traz uma vasta lista com nomes de autores de todo o Brasil que abordaram o tema em várias épocas – os potiguares Lauro da Escóssia, Juvenal Lamartine, Câmara Cascudo e Iaperi Araújo são alguns dos citados na obra.

 Valor: R$ 30,00

Fonte: Tribuna do Norte www.tribunadonorte.com.br



Pegadas de Lampião na terra que brotou Maria

Lampião em Paulo Afonso foi o livro de estreia do pesquisador e escritor João de Sousa Lima. Desde 2003 que a obra encontrava-se esgotada. Depois de 10 anos de espera por parte de alguns pesquisadores e escritores o livro finalmente está no prelo e em setembro quem for dar a benção ao padim vai ter a oportunidade de adquirir esta segunda edição "ampliada".

O livro narra as passagens dos cangaceiros desde a entrada de Lampião na Bahia, passando pelo Raso da Catarina. Também retrata a entrada dos Índios Pankararé para o cangaço, onde homens e mulheres deixaram sua tribo para viverem a saga Lampiônica.

(Valor a definir)

2 comentários:

Anônimo disse...

Esse de João de Souza eu faço questão de ter em minha estante.
O do amigo Luiz Ruben também ter muita coisa boa, resultado da profícua pesquisa.
Sucesso a ambos nos respectivos lançamentos.
Sds
Sérgio.'.

João de Sousa Lima disse...

caro Sergio,
fico grato por suas palvras e seu reconhecimento ao meu trabalho.
conttinuamos nas pesquisas.
abraco
joão de sousa lima