quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Opinião do Leitor


Voltando depois de um exagerado recesso vamos iniciar uma nova série no Blog apresentando leitores e companheiros de pesquisa.


Neste primeiro ato: Clenaldo Santos (Foto). Este sertanejo lá de Cícero Dantas - BA, foi um dos braços fortes que construiram a Usína de Xingó. Hoje residindo na capital sergipana, teve a casa transformada em um endereço confiável e hospitaleiro para consultas sobre Luiz Gonzaga entre outros representantes da música nordestina, Delmiro Golveia, Conselheiro e principalmente Lampião.

Avia Macho... 
Observando atentamente sobre o cangaço, e as opiniões sobre Lampião concluo: Lampião foi e será o único e maior representante do cangaceirismo no nordeste brasileiro, " O rei dos sertões".
Perseguido durante vinte anos nunca deixou se aprisionar por seus inimigos e foi perseguido por forças políciais de sete estados.Lampião matava para viver, depois de chefe nunca obedeceu ordens que colocassem em cheque sua autoridade, lutava por sua liberdade e foi o maior em todas as suas façanhas, por isso merece o respeito de todos pelas sua estratégia de guerra contra os seus opressores.
Era acatado por seus comandados ao pé da letra, temidos coronéis também se curvavam diante de sua presença. Vejo a neta Vera Ferreira com total respaldo para opinar e escrever pois buscou a verdade e tenta resguadar à qualquer custo tudo que se refere à Lampião, afinal, ela está preservando com maestria a história de seus avós, corre atrás guerreira, esta saga é mais sua que de qualquer outro.
O meu respeito e minha admiração também para o Potiguar Sérgio Augusto de Souza Dantas o qual pude conhecer seu estudo através de seu último livro Lampião Entre a espada a Lei, e enfim minha torcida para que surjam outros bravos pesquisadores escritores como Alcino Alves e Antonio Correia Sobrinho, e por que não tantos e tantos meros curiosos pois é desses esforços que o Cangaço sobrevive com força!

Um comentário:

Alvaro Severo disse...

Salve!!!

Caro Kiko, parabenizo seu blog, passarei a ser visitante assíduo...
e não podia deixar de mencionar que fiquei supreso em vc ter publicado dois links com matérias referentes a fazenda barreiros, em serra talhada/pe.
caso venha por essas bandas será bem vindo em nossa humilde casa, na Serra Grande, fazenda barreiros. e assim provar do bode enterrado!
abraço
Alvaro Severo