quinta-feira, 26 de junho de 2014

"Despretobranquização" do cangaço ou...

Colorizando para melhor aprender

Trabalho - e bota trabalho nisso - de: Rubens Antônio

A colorização de imagens adentra os espaços de estudo como recurso.
Dá-se o realce como aplicado reforçando a sensação de "eco temporal", facilitando, com a introdução de uma concepção de resgate visual, a percepção do fato em sua dimensão precisa

Cabeças dos cangaceiros na antiga escada da Prefeitura de Piranhas, Alagoas:



Corisco e Dadá, em foto de Benjamin Abrahão Boto:


 Apetrechos e cabeças dos cangaceiros Mariano, Pai Véio e Zeppelin, mortos por Zé Rufino.

 
 OBS.No Seminário Cariri Cangaço de 2010 a maioria dos pesquisadores presentes, analisando fatos posteriores concordaram que esse último seria o cangaceiro "Pavão" e não Zepellin como identificado na legenda.

Tenente Geminiano José dos Santos, da Força Pública do Estado da Bahia. Assassinado por Lampião, em 1930:



A cangaceira Inacinha


Balbina da Silva. Moradora de Canindé do São Francisco, em Sergipe, ferrada pelo cangaceiro José Bahiano:


Pescado no essencial Cangaço na Bahia
Contato com o artista (71)  9227 - 3570 / 3336 - 3498
rubensantonio@gmail.com

Nenhum comentário: