sexta-feira, 26 de abril de 2013

Novo livro na praça

Assim viveu e morreu Lampião Rei do Cangaço

O poeta cearense Geraldo Amancio nos oferece, através  deste livro, uma obra poética de primeira. Com 181 estrofes de sete linhas.


Ao prefaciar este trabalho, o advogado Paulo Quezado, afirma: “Assim viveu e morreu Lampião Rei do Cangaço, é, portanto,  muito maios do que um simples texto cordelista produzido com autenticidade e bom gosto. É, sim, uma verdadeira imersão cultural nos preceitos e valores poéticos, geográficos e sociológicos do povo nordestino. Remetendo o leitor, através  da história de Lampião, aos primórdios da identidade do ‘caboclo do sertão’: sua arte, seu meio e seus ícones”

O renomado cordelista cearense, Rouxinol do Rinaré, na apresentação deste trabalho, assim se expressou:

“Que texto genial. Li de uma ponta à outra, sentindo o encanto das rimas perfeitas e a beleza da composição das estrofes...”

---------------------------------------------------------------------------------------------------
Interessa? O livro tem 70 páginas. Preço R$ 25,00 (Vinte e cinco reais) com frete incluso, para todo o Brasil. Onde comprar? Com o revendedor oficial Professor Pereira através do E-mail franpelima@bol.com.br ou pelos tels. (83) 9911 8286 (TIM) - (83) 8706 2819 (OI).

Um comentário:

CARIRI CANGAÇO disse...

Simplesmente Sensacional. Parabens ao Geraldo Amâncio!