sábado, 4 de janeiro de 2014

História dos Volantes

O Major "Menêis"

Manoel Campos de Menezes, nascido em Chorrochó no ano de 1906, escolheu este distrito para regimentar o seu batalhão de caça aos bandoleiros. Dada sua localização as forças instruídas os fazendeiros para abandonarem suas propriedades e passarem a morar em Chorrochó, tanto para se livrarem dos bandidos e massacres de Lampião e seus cabras, como também para doarem asilo aos cangaceiros. O distrito de Chorrochó ficou incólume dos ataques dos bandidos, mas muitas propriedades foram saqueadas, destruídos massacrados os fazendeiros, o arraial de Várzea da Ema foi incendiado, apesar da eficiência do comando do Major Menezes.

Tinha um orifício de bala na face, recebido em um combate que segundo a literatura foi provocado pelo próprio Lampião. Que nutria um certo "respeito" pelo oficial chegando a apelidar um de seus cães com o nome de "Menêis".

Tornou-se comandante das F.O.N.E. (Forças em Operações no Nordeste) baianas... Mas faleceu muito jovem, acometido de meningite em 1937, ainda comandando a unidade.

Abaixo foto e nota de falecimento publicada na época pela revista da Policial Militar.



Fonte: Chorrochó on line
Créditos para Rubens Antonio

Um comentário:

Neusa Menezes disse...

A idade do Major Manoel Campos de Menezes está correta no folheto. Ele faleceu aos 33 anos pois nasceu em 1904.
A reportagem foi publicada pelo site chorrochoonline sem constar o nome do autor da pesquisa.
Parabéns ao Lampião Aceso pela Seriedade e veracidade se suas publicações.

Neusa Menezes