segunda-feira, 7 de novembro de 2011

"Sila" será foco do próximo encontro do GECC

Por: Aderbal Nogueira


Messier Aderbal. Foto Coroné Severo
Hermecília Brás São Matheus, a "Sila", companheira de Zé Sereno, vai ser tema da próxima reunião do G.E.C.C. - Grupo de estudos do cangaço do Ceará em Fortaleza. Eis uma personagem muito polemica, pois muitos pesquisadores a tem como " A MAIOR MENTIROSA DO CANGAÇO ". Coisa que discordo. Vamos tentar debater sobre isso e tirar algumas conclusões. 

Quero entender o porque de tanto "desprezo". Talvez eu seja um dos poucos a pensar diferente, quem sabe eu esteja errado. Espero não estar. Porem se estiver dou a mão a palmatoria. 

Cariri Cangaço - GECC ocorrerá no espaço Raquel de Queiroz da Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi, de Fortaleza, dia 05 de dezembro, uma Terça-feira. Torcemos para que muitos dos interessados, principalmente os opositores, possam estar presentes. Discutiremos na "Santa paz" todos os questionamentos possiveis.

Enquanto issso, confiram parte de mais um documentário com essa nossa inesquecivel amiga e colaboradora para a construção da memória do Cangaço.


Abraços cordiais
Aderbal Nogueira
Documentarista, Fortaleza, CE.

9 comentários:

Sergio Dantas.'. disse...

Esse depoimento sobre 'Novo Tempo' é fantástico. Bela postagem!
Abs, Sérgio.'.

Anônimo disse...

O trabalho contínuo e incansável de Kiko Monteiro divulgando material importante para os cangaceirólogos é essencial para ampliar e aproximar a comunidade.
Aderbal Abrahão, tem raridades em sua custódia e agradecemos cada gota desse acervo que aparece aqui nos blogs dedicados ao assunto. Vamos acompanhando com interesse cada capítulo da novela produzida por Aderbal, Gastão e Cia., exibida no Lmpião Aceso.
O que teremos no próximo capítulo?

pedro luís disse...

O depoimento está litteris no livro de ALCINO (lampião além da versão, capítulo: VINGANÇA DOS BANDIDOS E A MORTE DE ZÉ VAQUEIRO).

Obrigado Sila, Aderbal e Kiko!!!!!!!

pedro luís disse...

CORRIGINDO: não é o depoimento de Sila que está no livro de ALCINO (lampião além da versão), mas sim a mesma história, cristalizada via tradição oral (acredito) pelo mestre ALCINO, sorvida após anos de contato com personagens que viveram aqueles tempos.

forte abraço,

pedro luís

Anônimo disse...

AMIGOS,

SERÁ QUE ENGANAR-SE AO IDENTIFICAR UMA FOTO ANTIGA, COMO SILA SE ENGANOU, É MENTIR?
ACREDITO QUE MUITOS SE ENGANARAM. MEU AMIGO CANDEEIRO NEM SEQUER SE RECONHECEU EM UMA FOTOGRAFIA NO BANDO. EU MESMO, HÁ POUCO, ESTIVE NO COLÉGIO ONDE ESTUDEI ATÉ OS 17 ANOS DE IDADE E QUANDO VI A FOTO DA TURMA QUE CONVIVEU COMIGO DURANTE TODO ESSE TEMPO NÃO CONSEGUI LEMBRAR DO NOME E DA FISIONOMIA DE METADE DOS AMIGOS DE COLÉGIO.
ESSE É APENAS UM EXEMPLO DAS MUITAS E MUITAS 'MENTIRAS' QUE DIZEM QUE SILA CONTOU. (MENTIRA BOBA, NÃO?)
NÃO ESTOU AQUI PARA DEFENDER SILA NEM NINGUÉM. APENAS A CONSIDERO UMA INJUSTIÇADA.
FIQUEI BESTA NO ÚLTIMO CARIRI CANGAÇO QUANDO FALEI O NOME DE SILA E MUITOS DISSERAM: "- SILA? MENTIU EM TUDO."
O INTERESSANTE É QUE, SE NÃO ME FALHA A MEMÓRIA, CERCA DE 5 LIVROS FORAM ESCRITOS SOBRE ELA. EU ME PERGUNTO. "- PORQUE ESCREVERAM E PORQUE TANTA GENTE LEU, SE A 'FAMA' DELA É DE MENTIROSA?". QUANDO PUBLICAM UM LIVRO QUE SÓ TEM ABSURDOS SOBRE O CANGAÇO, EU NÃO ME DOU AO TRABALHO DE COMPRÁ-LO, POIS SÓ VAI FAZER VOLUME NA MINHA MINÚSCULA BIBLIOTECA.
QUANDO EU GRAVO UM DEPOIMENTO QUE NÃO DIZ 'COISA COM COISA', EU NÃO USO EM NENHUM DOCUMENTÁRIO FEITO POR MIM. E OLHEM QUE NÃO FORAM POUCOS OS DEPOIMENTOS ABSURDOS QUE GRAVEI AO LONGO DESSES ANOS TODOS. USO APENAS OS MAIS PLAUSÍVEIS.
MAS VAMOS DISCUTIR ISSO NA NOSSA PRÓXIMA REUNIÃO NA LIVRARIA SARAIVA, DIA 6 DE DEZEMBRO PRÓXIMO.

OBS.: AINDA NÃO PEDI PERMISSÃO AO SEVERO, AO KIKO, AO IVANILDO E AO MENDES, MAS A PARTIR DAS PRÓXIMAS REUNIÕES, SEMPRE QUE HOUVER DISCUSSÃO TÉCNICA, PRETENDO GRAVÁ-LAS E EXIBI-LAS NOS BLOGS, ORKUT E SITES.

ABRAÇOS
ADERBAL NOGUEIRA

Anônimo disse...

Vou já comprar minha passagem, essa reunião do dia 06/12 vai ser de lascar. Não vou perder o encontro no octógono da livraria Saraiva. De um lado silistas, do outro anti-silistas. Are you ready?

CEG

Anônimo disse...

Sila, uma cangaceira de Lampião. Quando os ex cangaceiros começaram a ser procurados por pesquisadores e jornalistas, alguns optaram pelo silêncio ou então economizaram no máximo suas revelações, porém, vários deles percebendo alguma notoriedade e tentando ser aquilo que nunca foram, começaram a dar depoimentos no mínimo duvidosos.
Entre os últimos, a senhora Ilda Ribeiro de Souza, ou seja, Sila; esposa do cangaceiro Zé Sereno, quando solicitada, cansou de dar declarações sem fundamentos. Quem leu o livro "Sila. Uma cangaceira de Lampião" escrito por ela em parceria com Israel Araujo Orico, vai perceber que ela procura se colocar no mesmo nível de Maria Bonita, e guindar Zé Sereno no mesmo nível de Lampião. De acordo com declaração dela própria, Sila entrou no cangaço em novembro de 1936, isto é, um dia antes da morte de Neném, no entanto, ela diz que o famoso Zé Baiano, que havia morrido em 07/6 /1936, estava presente em andanças do grupo de Sereno com ela Sila já fazendo parte do grupo.
Naquela famosa foto do grupo de Zé Sereno, ela identifica Canário e Adilia como sendo Cajazeira e Enedina, além disso não identifica seus irmãos na foto. Mas onde Sila revela não ter nenhum compromisso com a verdade, é quando ela dá declarações sobre os acontecimentos de Angico. Ela consegue ver sinais da tropa nos arredores do coito entre 8 e 9 horas, exatamente no horário que a tropa estava saindo de Piranhas. Também não diz a verdade quando descreve o combate e a fuga.
Mas de nada vai adiantar ficar aqui falando sobre as bobagens que Sila disse ao longo de sua vida, pois, pode ter aquele que vá achar que tenho alguma implicância com ela. Nada disso, porque estou relatando aquilo que ela própria escreveu ou disse a alguém que registrou em livros. O pior já aconteceu, porque houveram aqueles que sem ao menos fazer um confronto, isto é, sem pesquisar a fundo, botaram no papel simplesmente aquilo que ela relatou, e por conta disso, aqueles que não conhecem a história a fundo, inocentemente acreditaram naquilo que leram. Para completar, esses dias, lendo o livro "Lampião em Sergipe" do meu querido amigo Alcino Alves Costa, li na na página 130 que o nome verdadeiro dessa mulher, na realidade não era Ilda Ribeiro da Silva, e sim Hermecilia Braz São Mateus. Durma-se com um barulho desses...

Abraço a todos.
Sabino Bassetti

Anônimo disse...

O debate sobre Cila ter mentido ou não, eu acho desnecessário. Acho que o debate poderia ir mais longe e questionar entre os ex-cangaceiros e ex-volantes, quem mentiu menos. Acho que Dadá ou Balão mentiram bem mais que outros. Acho que o grande deslize da Cila foi aquela história da lanterna que ela disse ter visto piscando em Angico. Fora isso, não vejo nada que possa ser considerado grave a ponto de se criar um debate. Pelo que eu li entendi que ela passou muito pouco tempo no cangaço e não teria muito para contar. Mas se os estudiosos acham isso relevante, que se discuta. Afinal é Hilda ou Emercilia, Sila é com "C" ou com "S"?

David Gilmar
Balneário Camboriu, SC

Paulo disse...

Que venham outros debates. Valeu. Paulo F.