sábado, 3 de outubro de 2009

João de Sousa Lima

Quase um Lampião

João de Sousa, 44 anos, o pernambucano que chegou a Paulo Afonso ainda pequeno e formou-se Técnico em Contabilidade, hoje se divide entre o trabalho como Coordenador de Cultura do município e sua ligação de 12 anos com a história do cangaço e do povo sertanejo.

Sua dedicação à cultura nordestina partiu de um convite feito pela amiga Glória Lira, para que junto com um grupo, João fizesse um apanhado sobre as histórias do sertão. “Eu achava que os resquícios do cangaço estavam distantes, mas encontrei pessoas que viveram com Lampião e que até mesmo foram cangaceiros. Depois disso, não parei mais”, diz João de Souza.

O percurso de 12 mil quilômetros feitos em uma moto, colhendo informações, resultou em seu primeiro livro, “Lampião em Paulo Afonso” - este já esgotado, porém breve em segunda edição. Além desse exaustivo primeiro trabalho, João é co-autor de outros três livros de autoria do professor Juracy Marques e ainda autor de “Trajetória Guerreira de Maria Bonita, a Rainha do Cangaço” e uma cartilha fotográfica sobre a reforma da casa de Maria Bonita.

Em “Moreno e Durvinha – Sangue, Amor e Fuga no Cangaço”, João teve o privilégio de divulgar, junto com o casal de cangaceiros, o livro pelo Brasil.

Responsável pela produção de dois filmes experimentais, João de Souza encarou a tarefa de dirigir um curta-metragem. “Nos Carrascais do Sertão” conta a história de um dos integrantes do bando de Lampião e já tem presença garantida no Cine Ceará do ano que vem, que abordará temas ligados ao nordeste.

Este ano João ainda pretende lançar um livro de poesias chamado “No Silêncio do Acaso” e outro sobre a história de Paulo Afonso, desligando-se um pouco do poderio da CHESF. Ano que vem, concluí o livro que será definitivo em toda sua pesquisa sobre o cangaço, dedicando-se a partir de então, à história de nossa cidade, porém sempre à disposição da comunidade para palestras e ao que se diz respeito ao bando de Lampião.

Texto: Marcos Pinheiro | Revisão: Paloma Sousa
marcospinheiro.jr@gmail.com

Créditos: Ozildo Alves

Um comentário:

almendros-daniel@hotmail.com disse...

sou um grande adimirador do cangaceiro gato, muitas coisas ai dita gostei muito de saber por sempre procurava e não encontrava obrigado....por me esclarecer muitas duvidas.....Daniel Almendros